O primaz da Comunhão anglicana e arcebispo de Cantuária, Rowan Williams reuniu com o Papa, num encontro que é interpretado como uma tentativa de reforçar os laços entre anglicanos e católicos.
O primaz da Comunhão anglicana e arcebispo de Cantuária, Rowan Williams reuniu com o Papa, num encontro que é interpretado como uma tentativa de reforçar os laços entre anglicanos e católicos. a visita ocorre 40 anos após uma reunião histórica entre o seu predecessor como primaz anglicano, o arcebispo Michael Ramsey, e o Papa Paulo VI, em Março de 1966.
Os responsáveis pelas duas Igrejas denunciam os actuais sérios obstáculos ao progresso ecuménico constituídos por alguns novos desenvolvimentos em questões eclesiológicas e éticas.
É urgente que, renovando o nosso empenho em prosseguir o caminho em direcção à plena comunhão visível na verdade e no amor de Cristo, nos comprometamos também em diálogo persistente para enfrentar os desafios contidos nos factores eclesiólogicos e éticos que tornam mais difícil e árdua a nossa caminhada, referem na declaração comum.
Bento XVI e Rowan Williams manifestam o empenho conjunto em: a busca da paz na Terra Santa e noutras partes do mundo dilaceradas por conflitos e pela ameaça do terrorismo; a promoção do respeito pela vida desde a concepção até à morte natural; a protecção da santidade do matrimónio e do bem-estar dos filhos no contexto de uma vida familiar saudável; empenho concreto a favor dos pobres, dos oprimidos e dos mais vulneráveis, especialmente os que são perseguidos pela sua fé; atenção aos efeitos negativos do materialismo; e preocupação pela criação e pelo meio ambiente bem como no diálogo inter-religioso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *