as pessoas que têm entre 15 e 49 anos são a prioridade das iniciativas. as escolas vão ficar abertas depois das 17 horas para quem não tem instrução. é uma promessa do ministro da educação.
as pessoas que têm entre 15 e 49 anos são a prioridade das iniciativas. as escolas vão ficar abertas depois das 17 horas para quem não tem instrução. é uma promessa do ministro da educação. Sete milhões de pessoas na argélia são analfabetas. Representam 21 por cento da população, informou o ministro da educação do país.
Debruçou-se sobre o assunto durante uma jornada sobre o problema do analfabetismo. Boubekeur Benbouzid explicou que o governo pretende erradicar, por completo, essa situação, nos próximos dez anos. Referiu, de acordo com o jeuneafrique.com, que foram afectados 33 milhões de euros para a luta contra o fenómeno. O pagamento do salário dos professores envolvidos nesse combate, assim como, outros recursos serão assegurados pelo estado.
Os indivíduos com idades compreendidas entre 15 e 49 anos serão o alvo destas iniciativas. as escolas estarão abertas depois das 17 horas para recebê-los.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *