O Vaticano reafirmou hoje a importância do celibato dos padres, no final de um encontro entre o Papa Bento XVI com a Cúria romana.
O Vaticano reafirmou hoje a importância do celibato dos padres, no final de um encontro entre o Papa Bento XVI com a Cúria romana. O valor da escolha pelo sacerdócio celibatário, em concordância com a tradição católica, foi reafirmado , adianta o Vaticano, em comunicado.
a reunião de reflexão conjunta teve por base o caso do antigo arcebispo zambiano Emmanuel Milingo, excomungado no mês passado depois de ter ordenado quatro padres casados nos EUa.
Os participantes na reunião foram cuidadosamente informados dos pedidos para a dispensa da obrigatoriedade do celibato que foram feitos nos últimos anos e para a possibilidade de readmissão no exercício do ministério sacerdotal dos padres que cumprem agora as condições exigidas pela Igreja , acrescenta o documento.
Questionado sobre estas condições, o porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi, afirmou que o que está em causa é apenas a possibilidade de readmitir sacerdotes que ficaram viúvos. as conclusões do encontro não alteram a forma como as regras actuais [de celibato] são aplicadas , explicou o porta-voz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *