O envio de duas missionárias para a missão de Fonte Boa, em Tete, em Janeiro de 2007, ainda não está definido, adiantam os Leigos para o Desenvolvimento.
O envio de duas missionárias para a missão de Fonte Boa, em Tete, em Janeiro de 2007, ainda não está definido, adiantam os Leigos para o Desenvolvimento. Neste momento, a missão está suspensa. Os nossos voluntários que estavam lá vieram para Portugal após o ataque e ainda não pensámos o que vamos fazer , afirmou Gonçalo Carvalho, da direcção da ONG católica á qual a missionária leiga Idaliana Gomes pertencia.
Os Leigos para o Desenvolvimento estão também dependentes da decisão que a Companhia de Jesus, responsável pela missão Fonte Boa. Os próprios jesuítas ainda não decidiram o que vão fazer. Nós vamos deixar a poeira assentar para pensarmos e decidirmos o que vamos fazer em relação à missão , referiu.
Quanto às duas missionárias, Gonçalo Carvalho afirmou que uma disponibilizou-se de imediato para ir para a missão Fonte Nova , enquanto a outra está relutante .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *