Os jovens timorenses voltaram a sair à rua para exigir paz e desta vez não se verificou nenhum incidente.
Os jovens timorenses voltaram a sair à rua para exigir paz e desta vez não se verificou nenhum incidente. Quatrocentos jovens marcharam por vários bairros da capital de Timor Leste, acompanhados pela polícia da ONU. Na concentração que realizaram junto ao parlamento Nacional apelaram aos líderes políticos para que concertem a paz.
Os manifestantes, entre os quais estudantes e membros de grupos rivais, voltaram hoje a transportar consigo bandeiras nacionais de Timor-Leste e cartazes e panos com apelos à unidade. Nesta manifestação não se registou qualquer incidente.
Tudo indica que os confrontos que ocorreram em Bebonuk que provocou um ferido grave e um ferido leve se ficaram a dever à falta de informação.
Não sabíamos que os jovens estavam a realizar uma manifestação pela paz, pelo que nos sentimos ameaçados quando vimos muitos ‘lorosae’ a entrar na nossa zona , disse à Lusa um residente loromonu (naturais da zona oeste do país) referindo-se à presença de vários timorenses da parte leste, e que preferiu não se identificar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *