apesar de ser uma iniciativa de paz, para lembrar o massacre ocorrido há 15 anos, alguns incidentes marcaram este dia 12 de Novembro, em Dí­li, capital de Timor Leste.
apesar de ser uma iniciativa de paz, para lembrar o massacre ocorrido há 15 anos, alguns incidentes marcaram este dia 12 de Novembro, em Dí­li, capital de Timor Leste. a irmã Estrella, uma das religiosas carmelitas que vive no bairro de Bebonuk disse à Lusa que dezenas de jovens, armados com catanas, dardos e setas, e munidos de pedras alvejaram-se durante o dia, desde a manhã.
Depois do início da marcha, em que participaram largas centenas de jovens, os manifestantes dividiram-se em vários grupos, que percorrem zonas diferentes da capital.
Os incidentes registados entre jovens ocorreram com apedrejamentos entre grupos rivais, tendo os militares da GNR sido chamados ao local para resolver o incidente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *