O Papa será “muito bem vindo à Turquia”, afirmou o ministro da Economia turco, ali Babacan.
O Papa será “muito bem vindo à Turquia”, afirmou o ministro da Economia turco, ali Babacan. O ministro da Economia turco desvalorizou a ideia de um conflito religioso pela visita de Bento XVI, à Turquia, no final deste mês de Novembro. Esta será a primeira visita do Santo Padre a um país de maioria muçulmana. É também uma visita deliciada depois das reacções ao discurso do Papa em Ratisbona e que abriu uma brecha no diálogo com o Islão.
Quando viajar para Istambul e caminhar ao longo das ruas verá uma mesquita e uma igreja com 1. 500/2. 000 metros de distância, disse ali Babacan
No entanto, a imprensa italiana dá conta da ausência de um encontro entre o Pontífice e o primeiro-ministro turco, por este se encontrar numa cimeira da NaTO, em Riga, Letónia. E segundo os jornais que que citam informações da embaixada da Turquia, em Roma, o chefe de governo preferiu não se encontrar com o chefe da igreja católica devido à polémica que o discurso na universidade de Ratisbona causou entre o mundo muçulmano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *