O cardeal de Bruxelas subiu ao palco do rock cristão para saudar aos jovens. Um serão de festa no parque e uma Vigília de adoração e reconciliação na igreja de São Tiago.
O cardeal de Bruxelas subiu ao palco do rock cristão para saudar aos jovens. Um serão de festa no parque e uma Vigília de adoração e reconciliação na igreja de São Tiago. Há muito tempo que eu não via jovens cristãos tão felizes. Sem complexo, mas também sem arrogância, confessou o cardeal Daneels a um, talvez a dois milhares de jovens. Na praça do Palácio Real estava montado um grande palco. O cardeal subiu e foi ovacionado pelos jovens.
Instado a pronunciar-se sobre o desenrolar da semana do congresso, confessou a sua surpresa: Vi cristãos e jovens cristãos orgulhosos de o serem. Que podiam e ousavam manifestá-lo. E acrescentou: Em geral, tenho a impressão que o escondem, que o são sem que se veja. Este facto, a par de tantos outros, foi o que me impressionou durante esta semana.
Os jovens agradeceram. Obrigado, senhor Cardeal, por nos encorajar a ousar! a ousar partilhar a alegria que nos anima. a reacção foi pronta: Os jovens que ficam sós, estão em perigo de morrer. Olhai para quem está à vossa volta e formai grupos de jovens. O cardeal terminou: Não precisais de pedir licença para terdes boas ideias!.
Um obrigado final e a afirmação: Nós não somos cristãos sós. Não corremos o risco de morrer. Somos numerosos. O cardeal desceu o palco, sob uma estrondosa ovação. O rock continuou pela noite fora, quebrando o silêncio da noite nos jardins Luxembourg.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *