Cardeal Patriarca tem encontro com congressistas portugueses em Bruxelas. Revela que há dioceses interessadas em fazer um caminho semelhante ao realizado pelas cinco dioceses europeias.
Cardeal Patriarca tem encontro com congressistas portugueses em Bruxelas. Revela que há dioceses interessadas em fazer um caminho semelhante ao realizado pelas cinco dioceses europeias. Sem fazer uma avaliação, o Patriarca de Lisboa deixou indicações sobre o que considera frutos das várias sessões do Congresso para a Nova Evangelização já realizadas. Um dos frutos do congresso de Lisboa é que hoje é mais fácil aceitar o diálogo, referiu José Policarpo, referindo-se à cidade.
a sessão de Lisboa teve dois anos de preparação. Pôs muita gente a mexer. O patriarca referiu que, numa reunião de clero, avisou os padres: acautelem-se que os leigos estão à solta. E acrescentou: Temos sintomas de interpelação das pessoas e surgiram dinamismos de oração, há mais pessoas que procuram a eucaristia durante a semana.
O patriarca constatou que houve da parte das autoridades onde se realizaram os congressos uma boa colaboração: as forças políticas das cidades reagiram o melhor possível. E repetiu o que já dissera em Lisboa e que chegou até Bruxelas: a Igreja não quer sacralizar nem dominar, mas apenas ajudar a humanizar a cidade.
as Igrejas da austrália, Canadá e Barcelona têm acompanhado o processo do congresso com interesse e até com a presença. José Policarpo confessa que há dioceses interessadas em pegar neste processo, sem precisar de copiar nada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *