Num país onde os católicos estão em minoria, Bento XVI apela à oração e esforço ecuménicos.
Num país onde os católicos estão em minoria, Bento XVI apela à oração e esforço ecuménicos. O Papa espera que se abram cada vez maiores perspectivas de um diálogo construtivo entre a Igreja ortodoxa da Grécia e a Igreja católica e se multipliquem iniciativas comuns de ordem espiritual, cultural e prática.
Num convite aos bispos da Conferência Episcopal da Grécia, Bento XVI assinalou as dificuldades da Igreja grega por causa do forte fluxo de católicos dos países vizinhos formulando votos no sentido de um incremento de vocações.
Quanto ao reconhecimento do estado de um estatuto jurídico para a Igreja católica ela não procura nenhum privilégio, pede apenas que lhe seja reconhecida a própria identidade e missão, de maneira a poder dar com eficácia o próprio contributo para o bem estar integral do nobre povo grego.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *