Portugal concedeu o estatuto de refugiado a 23 pessoas e atribuiu sete autorizações de residência por razões humanitárias.
Portugal concedeu o estatuto de refugiado a 23 pessoas e atribuiu sete autorizações de residência por razões humanitárias. Em 2006, Portugal já concedeu o estatuto de refugiado a 23 pessoas e atribuiu sete autorizações de residência por razões humanitárias. De acordo com dados do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, citados pela Lusa, o país recebeu até agora 109 pedidos de asilo. No ano passado tinham sido 102; e em 2005 houve 12 concessões de estatutos de refugiado e autorizações de residência por razões humanitárias.
O Conselho Português para os Refugiados inaugura hoje, na Bobadela (Loures), as novas instalações do centro de acolhimento para refugiados. além do espaço de acolhimento, o centro tem auditório, jardim-de-infância, biblioteca, atelier de tempos livres, polidesportivo e um jardim público.com capacidade para 34 pessoas, o novo espaço apresenta como novidades quartos para casais com filhos e para deficientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *