No Dia Mundial da alimentação, é preciso lembrar que a fome mata mais de dois milhões de pessoas, por dia.
No Dia Mundial da alimentação, é preciso lembrar que a fome mata mais de dois milhões de pessoas, por dia. Mais de dois milhões de pessoas morrem diariamente à fome, um problema que mata mais do que a sida, malária e tuberculose juntas. Os números são das Nações Unidas.
Em 2003 morreram 841 milhões de pessoas de fome e no ano seguinte, 2004, em vez de se reduzir esse número, tal como nos comprometemos com os Objectivos do Milénio, houve um acréscimo de onze milhões , adianta o responsável da ONU para o Direito à alimentação, Jean Ziegler.
O secretário-geral da ONU, Kofi annan recorda que mais de 850 milhões de pessoas sofrem de fome em todo o planeta, um número que a comunidade internacional se propôs reduzir para metade até 2015.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *