Rafael Marques de Morais vê o seu trabalho reconhecido. Vai receber um prémio, em Outubro, pela actividade que tem desenvolvido na defesa dos direitos do homem.
Rafael Marques de Morais vê o seu trabalho reconhecido. Vai receber um prémio, em Outubro, pela actividade que tem desenvolvido na defesa dos direitos do homem. O conhecido activista dos direitos humanos e jornalista Rafael Marques vai receber um prémio de Coragem Cí­vica da Northcote Parkinson Fund. é uma fundação que apoia programas para a liberalização económica e democracia.
é autor de vários relatórios que lhe valeram o reconhecimento da instituição. Um deles intitula-se “Diamantes, humilhação e miséria”. Neste denuncia violações dos direitos humanos em angola, no Cuango. Esteve preso, em 1994, durante 40 dias e em 1999 devido às críticas que dirigiu ao governo.
Sente-se feliz e surpreendido por receber o prémio, refere a angonoticias. Diz encorajar o seu trabalho que caracteriza como “penoso e difícil”.
Rafael Marques tem 35 anos. Estuda antropologia, em Londres. O prémio vai ser entregue a 18 de Outubro em Nova Iorque. Irá, igualmente, receber 50 mil dólares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *