Chefes do diplomacia europeia apelam ao governo de Cartum para que aceite envio de capacetes azuis da ONU.
Chefes do diplomacia europeia apelam ao governo de Cartum para que aceite envio de capacetes azuis da ONU. Os ministros da União Europeia apelaram ao governo sudanês para que aceite o envio de uma força das Nações unidas para o Darfur, no Sudão.
O governo sudanês tem “a responsabilidade de proteger os seus cidadãos de todo o tipo de violência e de garantir o respeito pelos direitos humanos” e deve aceitar a presença dos “capacetes azuis” da ONU.
Numa reunião em Bruxelas, os chefes da diplomacia dos 25 referiram que “quem decidir ou levar a cabo políticas que levem à morte e ao sofrimento em Darfur será responsabilizado”, uma declaração que apoia um aviso semelhante feito pelo secretário-geral da ONU, Kofi annan.
O objectivo é enviar 20. 000 “capacetes azuis” para Darfur, onde estão actualmente 7. 000 efectivos da Ua, mas o Governo sudanês recusa esta hipótese, argumentando que a presença de militares não africanos no seu território é uma “ingerência”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *