Objectos da irmã Lúcia poderão ser vistos num espaço museológico que será instalado no Convento de Santa Teresa, em Coimbra.
Objectos da irmã Lúcia poderão ser vistos num espaço museológico que será instalado no Convento de Santa Teresa, em Coimbra. O Carmelo de Coimbra vai ter um espaço museológico de homenagem à irmã Lúcia. O objectivo é dar a conhecer a ligação da vidente de Fátima com o mundo exterior, mesmo durante os muitos anos de clausura com as restantes carmelitas.
Cartas, lembranças e alguns objectos da Irmã Lúcia serão expostos neste espaço que, se desconhece ainda a data de inauguração e aberto à população.
“Pretende-se criar um espaço onde os crentes, os visitantes, possam conhecer todo o espólio da Irmã Lúcia”, informou o cónego João Lavrador, assistente do Carmelo de Santa Teresa.
Entre esse espólio contam-se os milhares de cartas ” ela recebia centenas de cartas por dia ” bem como missivas e até utensí­lios do dia-a-dia. Ficarão disponíveis para serem apreciados e também como “a prova viva da vivência e relação” da vidente “com o mundo de hoje”, salienta o padre.
a vidente das aparições de Fátima, Lúcia de Jesus faleceu a 13 de Fevereiro de 2005. Foi sepultada numa campa térrea, no interior do Carmelo, conforme seu desejo. Os restos mortais foram trasladados para a basílica do Santuário de Fátima, a 19 de Fevereiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *