Reagrupamento familiar é a grande percentagem da migração na Europa diz um relatório da ONU.
Reagrupamento familiar é a grande percentagem da migração na Europa diz um relatório da ONU. a reunificação das famílias “é a pedra angular das admissões de migrantes em muitos países desenvolvidos”, nomeadamente na Europa. Em França, 70 por cento da imigração deve-se ao reagrupamento familiar. Em Portugal e na íustria, esse valor chega aos 40 por cento.
a conclusão é de um relatório das Nações Unidas elaborado para a reunião, ao mais alto nível, “Migrações Internacionais e Desenvolvimento” que decorre em Nova Iorque.
Segundo as Nações Unidas, na Europa Ocidental vivem 64 milhões de imigrantes e esta região registou, entre 1990 e 2005, um aumento de 15 milhões de imigrantes.
a ONU destaca ainda que uma área que, actualmente, está a causar alarme é “o ritmo crescente das tentativas, sobretudo por parte de jovens africanos, de entrar ilegalmente na União Europeia por via marí­tima, bem como o número alarmante de mortes que resultam desses actos desesperados”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *