Foto: IMVF

Foram instalados, na Maternidade do Centro de Saúde de Ingore, na região de Cacheu, na Guiné-Bissau, “três painéis solares e duas baterias, que permitirão a este serviço ter iluminação 24 horas por dia”, referem os serviços de comunicação do Instituto Marquês de Valle Flôr (IMVF), organismo envolvido na iniciativa.

A sistema de iluminação na maternidade guineense foi instalado no contexto do PIMI II – Programa Integrado para a Redução da Mortalidade Materna e Infantil, na Guiné-Bissau, dando seguimento a “um conjunto de intervenções em estruturas de saúde”, conforme destaca o IMVF.

Além do instituto sediado em Lisboa, a iniciativa envolve a delegação da União Europeia na Guiné-Bissau, o Instituto Camões, a Unicef Guiné-Bissau e a ONG Entraide Médicale Internationale Guiné Bissau. A parceria entre diversas entidades visa contribuir para o desenvolvimento daquela comunidade guineense.

Tagged: