a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) repudia a violência naquele país e mostra-se solidária “com todos os que sofrem a cruel realidade do crime organizado”, em vários estados.
a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) repudia a violência naquele país e mostra-se solidária “com todos os que sofrem a cruel realidade do crime organizado”, em vários estados. Para alterar esta situação de violência, os bispos brasileiros pedem o empenho de todos e apresentam propostas: O fim da “sobrelotação nas prisões, que atenta contra os direitos humanos e é fonte de crises recorrentes”, “a reforma dos órgãos de segurança”, e a superação da “mentalidade repressiva”.
“Precisamos de arrancar, pela raiz, as causas que estão na origem da organização do crime, de seus intentos e métodos, como a relação promí­scua entre público e privado e as redes de corrupção nos vários níveis”, pode ler-se na nota.
a CNBB pede aos cidadãos que sejam “mais solidários com os pobres, combatendo a miséria, a fome e a marginalização social, que os tornam presa fácil do mundo do crime”, apontando para o caminho “da justiça, do direito, do respeito pelos outros, do diálogo e do perdão mútuo”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *