Dos 180 mil refugiados, setenta e quatro mil libaneses já cruzaram as fronteiras da Síria e estão a regressar à terra natal.
Dos 180 mil refugiados, setenta e quatro mil libaneses já cruzaram as fronteiras da Síria e estão a regressar à terra natal. Setenta e quatro mil libaneses estão de volta a casa, anunciou o alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (aCNUR). Volta a casa é força de expressão, já que as casas estão destruídas. Estes refugiados na Síria, pobres, muitos deles originários do Vale de Bekaa fugiram às bombas apenas com a roupa que tinham vestida. Regressam agora com colchões, roupas e alimentos doados pelos sírios.
Desde que começou a vigorar o cessar-fogo, atravessaram a fronteira, segunda-feira, 16 mil pessoas e outras 30 mil, terça-feira.
Calcula-se que os confrontos entre Israel e o Líbano levaram 180 mil pessoas a refugiarem-se na Síria. ao todo, 800 mil libaneses terão procurado abrigo nos países vizinhos.
O aCNUR tem estado a pôr à disposição dos refugiados colunas de autocarros para apoiar no regresso à terra natal. Já no território do Líbano, o aCNUR apoia os refugiados, distribuindo água, bolachas de alto teor energético e outras ajudas em pontos-chave das estradas de regresso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *