Bispo antónio Vitalino considera que nova lei da imigração é “um grande passo em frente”.
Bispo antónio Vitalino considera que nova lei da imigração é “um grande passo em frente”. é “um grande passo em frente”, afirmou o presidente da Comissão Episcopal da Mobilidade Humana, antónio Vitalino, referindo à nova lei da imigração, aprovada a 10 de agosto.
Um passo em frente saindo-se de uma situação “de indefinição para uma situação mais definida” no que respeita ao acolhimento e integração dos imigrantes em Portugal.
O prelado entende que, com esta lei “acabou-se com alguma burocracia” bem como a ideia de que qualquer imigrante “é um malfeitor”, antes, uma pessoa que “procura viver melhor”.
“Os portugueses não se podem queixar que não têm emprego por causa da imigração”, considerou o bispo, pretendendo desta forma esclarecer a opinião pública. “Não estamos a roubar nada a ninguém, estamos a lutar pela vida”, explicitou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *