Federação Portuguesa dos Bancos alimentares leva a cabo “Programa Peixe” para aproveitamento do pescado.
Federação Portuguesa dos Bancos alimentares leva a cabo “Programa Peixe” para aproveitamento do pescado. a Federação Portuguesa dos Bancos alimentares deu início ao chamado “Programa Peixe” que consiste no aproveitamento do pescado que, por força da legislação comunitária, é retirado do mercado e inutilizado para consumo humano, por não ter atingido na lota o chamado “preço de retirada”.
a Federação Portuguesa dos Bancos alimentares decidiu avançar com um projecto inédito que visa entregar o peixe “retirado” a Instituições de Solidariedade Social, tendo para isso estabelecido que seria capaz de “absorver na sua actual estrutura cerca de 500 toneladas de peixe até ao final do ano.
No ano de 2005 foram “retiradas” 3188 toneladas de peixe, isto é, um acréscimo de 56% em relação ao ano anterior. Para dar uma ideia do que estes números significam, podemos dizer que 3200 toneladas são uma quantidade suficiente para dar de comer peixe duas vezes por semana, durante todo o ano, a cerca de 120. 000 pessoas (dose de 250 gramas).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *