Mil avós participaram nas actividades do Dia dos avós, realizadas a 26 de Julho, no Santuário de Fátima.

Mil avós participaram nas actividades do Dia dos avós, realizadas a 26 de Julho, no Santuário de Fátima.
Durante a celebração, o reitor do Santuário, Luciano Guerra invocou São Joaquim e Santa ana “para que abençoem os avós e os netos, para que estes compreendam o dom que é ter avós”, e a necessidade de os recordar e estimar.
“Estamos aqui a celebrar a felicidade de nascer e de viver numa família, de conhecer em profundidade o pai, a mãe e também os avós”, salientou também.
O sacerdote lembrou a figura João Paulo II, “um velhinho que governou a Igreja até ano passado”. Sobre o anterior Papa, o reitor disse que, através dele, “se renovou a consciência da importância das pessoas de idade, e, portanto, da vida”.
“Os avós não procurem só a cultura humana mas também a universidade de Deus, a cultura espiritual e moral”, afirmou o assistente nacional do Movimento da Mensagem de Fátima. O padre Manuel antunes relembrou que, com o testemunho de vida e com a palavra, os avós “também podem marcar os seus netos na escolha da vocação”.
Não foram esquecidos os avós de órfãos, os quais têm a responsabilidade acrescida de ajudar os netos que não têm o testemunho dos pais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *