Os mais idosos são os que ajudam mais, ao contrário dos jovens que não aderem à iniciativa.
Os mais idosos são os que ajudam mais, ao contrário dos jovens que não aderem à iniciativa. Ricardo Nunes é mais um dos JMC (Jovens Missionários da Consolata) que se encontra, desde sábado, a vender t-shirts e calendários nas feiras para ajudar projectos em África.
Na feira de Ponte da Barca, afirma que o mais difícil não é ajudar as pessoas, mas sim pedir ajuda. “as pessoas não colaboram connosco!”, lamenta. “Está a ser um bocado fraco”, explica ele. Das 1000 t-shirts que esperavam vender, só entre 100 a 200 foram compradas.
Diz, também, que são os idosos que ajudam mais e que tem pena de não ver mais jovens a aderir a iniciativa. “Se não ajudarmos os outros, também não são eles que nos vão ajudar a nós”, argumenta. Ele próprio privou-se da sua segunda semana de férias junto dos pais, no algarve, para estar com os outros jovens na feira e assim dar o seu contributo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *