Coimbra tem projecto de integração de reclusos. No Estabelecimento Prisional aprendem um ofí­cio para enfrentar o mercado de trabalho quando saí­rem em liberdade.
Coimbra tem projecto de integração de reclusos. No Estabelecimento Prisional aprendem um ofí­cio para enfrentar o mercado de trabalho quando saí­rem em liberdade. Depois da encadernação, a estofaria. Quatro reclusos de etnia cigana integrados no projecto “Coimbra cidade de todos” aprenderam encadernação tendo obtido a nota máxima. a partir de Setembro iniciam outra formação, na estofaria.
O objectivo deste projecto é proporcionar formação aos reclusos para que tenham uma ferramenta para enfrentarem a sociedade e o mercado de trabalho quando conquistarem a liberdade.
“Exemplares”, é assim que Isabel Monteiro classifica os quatro alunos, cidadãos de etnia cigana e reclusos no Estabelecimento Prisional de Coimbra (EPC) que, desde Maio, aprenderam consigo a arte e os segredos da encadernação.
“Não sabí­amos nada. Hoje já sabemos alguma coisa”, declarou adriano, o porta-voz do grupo, salientando que a formadora os ajudou muito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *