“Hoje, mais do que nunca, é indispensável a formação permanente na fé, desde a infância até à idade adulta”, afirma o bispo da Guarda. a diocese peregrina ao Santuário a 23 e 24 de agosto.
“Hoje, mais do que nunca, é indispensável a formação permanente na fé, desde a infância até à idade adulta”, afirma o bispo da Guarda. a diocese peregrina ao Santuário a 23 e 24 de agosto. a diocese da Guarda peregrina ao Santuário de Fátima a 23 e 24 de agosto. Será um momento em que os fiéis vão “pedir a protecção maternal de Nossa Senhora para o novo ano pastoral, que queremos iniciar em Setembro”, salienta o bispo da diocese, Manuel Felí­cio.
“Só conhecendo Jesus Cristo e a sua mensagem podemos viver com seriedade, a nossa fé. Por isso, queremos, com Maria, entrar na escola de Jesus, o mestre divino” será este o pensamento sobre o qual assenta esta peregrinação que se prevê congregar no santuário mariano 3 500 pessoas.
ao longo do novo ano pastoral, “queremos repropor aos cristãos e comunidades cristãs da nossa diocese o Catecismo da Igreja Católica, no que ele diz sobre o mistério cristão resumido no credo, que proclamamos todos os domingos, na missa”, frisa o prelado.
Ciente que não basta conhecer os pontos essenciais do mistério da fé, é preciso vivê-la e “praticá-la com uma vida moral consequente; é preciso experimentar que a oração é como o acto de respirar para o mistério da fé”, refere Manuel Felí­cio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *