Doze jovens, em 1940, fundam a acção Católica na Caranguejeira. Quatro anos mais tarde, seis escolhem a vida consagrada.
Doze jovens, em 1940, fundam a acção Católica na Caranguejeira. Quatro anos mais tarde, seis escolhem a vida consagrada. O senhor Josué da Silva morreu. Tinha 84 anos. O seu funeral realizou-se ontem, 12 de Junho, na Igreja da Caranguejeira, Leiria. No seu currículo de vida parecia nada de especial a assinalar.
Mas era um grande amigo dos Missionários da Consolata. E era colaborador da revista Fátima Missionária. Recebia e enviava as quotas da sua aldeia. Por esse motivo a direcção da revista enviou um representante ao sue funeral.
O celebrante frisou que Josué da Silva pertenceu ao primeiro grupo de jovens com os quais, em 1940, se fundou a acção Católica da sua terra. Eram 12 rapazes muito amigos, muito unidos, que rezavam, reflectiam e faziam “acção” na paróquia.
No meio de tudo isto há um pormenor interessantíssimo, que será talvez único no nosso país. Deste grupo de 12 rapazes, já com 20 anos, surgiram, em 1944, seis vocações missionárias: duas para os Missionários da Consolata, duas para os Espiritanos e duas para os Salesianos. Onde é que já se viu isto!?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *