Misericórdias exigem que governo defina, claramente ,qual o seu papel na rede de aTL, no encontro realizado em Fátima
Misericórdias exigem que governo defina, claramente ,qual o seu papel na rede de aTL, no encontro realizado em FátimaCom a reforma do ensino pré-escolar e dos aTL, as Misericórdias têm de articular o seu trabalho com agrupamentos escolares e com a autarquia, gerando “problemas operacionais” que serão “ultrapassados com o diálogo”, afirmou o porta-voz do encontro, aurelino Ramalho.
Nos trabalhos, em Fátima, em que participaram responsáveis de dezenas de Misericórdias de todo o país, saíram algumas resoluções que serão entregues ao Ministério da Segurança Social e da Educação. Trata-se de algumas reivindicações no que respeita a apoios e à “definição clara” das competências de cada sub-sector, explicou o porta-voz do encontro.
“Queremos uma clarificação de procedimentos para o funcionamento dos aTL”, que devem ser “complementares” à rede pública, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *