Reflectir sobre os três mundos de pertença e de identidade para os descendentes de imigrantes constitui o desafio central do encontro “Descendentes de Imigrantes: entre três mundos”.
Reflectir sobre os três mundos de pertença e de identidade para os descendentes de imigrantes constitui o desafio central do encontro “Descendentes de Imigrantes: entre três mundos”. “Descendentes de Imigrantes: entre três mundos” é o tema do encontro que se realiza a 13 e 14 de Julho, subordinado à temática da imigração. a iniciativa, integrada nos “Encontros da arrábida” visa reflectir sobre os “três mundos de pertença e de identidade” dos descendentes de imigrantes: a pertença ao mundo das origens;
a pertença ao mundo da sociedade de acolhimento; O mundo das referências culturais globais.
O encontro organizado pela Fundação Oriente junta especialistas da área da imigração e é coordenado pelo alto Comissário para a Imigração e Minorias étnicas, Rui Marques.
Para mais informações e inscrições, os interessados podem fazê-lo em www.foriente.pt

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *