O secretário geral das Nações Unidas termina, hoje, 5 de Julho, um périplo pela segurança. Na Costa do Marfim discutirá o processo de paz e a realização das eleições.
O secretário geral das Nações Unidas termina, hoje, 5 de Julho, um périplo pela segurança. Na Costa do Marfim discutirá o processo de paz e a realização das eleições. Kofi annan termina, hoje, 5 de Julho, uma visita a países do continente africano, onde a segurança foi o tema da agenda. Na Costa do Marfim, os temas em análise serão o processo de paz no país e a realização de eleições gerais, previstas para Outubro. Nesta visita, o secretário geral da ONU far-se-á acompanhar dos presidentes da Nigéria, Olusegun Obasanjo, e da África do Sul, Thabo Mbeki, também mediador da União africana para o processo de paz da Costa do Marfim.
Desde a tentativa de golpe de estado perpetrada em 2002, a Costa do Marfim está dividida em duas: a zona norte é controlada pelas forças rebeldes enquanto a zona sul pelas forças governamentais.
Nesta viagem por África, Kofi annan visitou o Tribunal Especial da ONU, na Serra Leoa, onde registou “progressos notáveis”. a questão da segurança “permanece estável” e a economia do país está a crescer.
“é imperativo que a comunidade internacional mantenha o seu apoio à Libéria”, afirmou o secretário-geral da ONU durante a passagem pela Libéria.
Depois do périplo africano, o secretário-geral da ONU participa na cimeira do G8 (Grupo dos sete países mais industrializados – alemanha, França, Itália, Reino Unido, Canadá, Estados Unidos e Japão – e a Rússia) em São Petersburgo, Rússia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *