Singapura foi o primeiro país a responder, positivamente, ao pedido de ajuda, para Timor, feito à comunidade internacional.
Singapura foi o primeiro país a responder, positivamente, ao pedido de ajuda, para Timor, feito à comunidade internacional. ao pedido de ajuda da Organização das Nações Unidas (ONU) para Timor Leste, Singapura já anunciou um contributo de quarenta mil euros.
O coordenador de ajuda de emergência da ONU, Jan Egeland apontou a necessidade de 16 milhões de euros para cobrir as operações de emergência, durante os próximos três meses.
O objectivo da ONU é estar preparada face a um cenário de crise humanitária, no país, devido à recente onda de violência na capital, Dí­li. Este fundo destina-se a aliviar a situação dos deslocados timorenses.
Nas últimas semanas, a violência em Timor Leste causou a morte a 30 pessoas e à fuga de cem mil. Destas, setenta mil estão em campos de refugiados, na capital do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *