O domingo da ascensão é o dia de visita pascal para os barcos da ilha. a bênção começa na Calheta para terminar no porto novo.
O domingo da ascensão é o dia de visita pascal para os barcos da ilha. a bênção começa na Calheta para terminar no porto novo. Terminou a missa na capela do Espírito Santo. Passava das 11 horas. Da porta do pequeno templo, situado nas proximidades da praia, saiu o sacerdote, Duarte Gomes, paramentado de alba e estola, três meninas, desde há muito ditas saloias, que acompanham a visita a cantar, à frente a bandeira do Espírito Santo. De carro dirigiram-se para a Calheta, a poucoas quilómetros a poente da ilha.
Os barcos estão estacionados à porta das suas respectivas casas. Enfeitados a rigor, com a mesa posta no lugar das redes, aguardam a visita do pároco. Sob o olhar curioso dos turistas, cujo traje de praia contrasta com o dos pescadores e suas famílias asperge as pessoas e o barco. Distribui uma pagela de recordação e confraterniza com os presentes.
a visita aos barcos continuou durante o dia, tendo sido interrompida para o almoço na casa de um pescador. Só terminou ao fim do dia no porto com a bênção dos barcos aí­ congregados.
a frota pesqueira de Porto Santo tem vindo a reduzir-se pouco a pouco. Pudemos constar que o peixe na lota tem sido escasso. a ilha é abastecida com peixe proveniente do Funchal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *