Visita do Papa Bento XVI à Polónia vai servir para aproximar polacos, judeus e alemães.
Visita do Papa Bento XVI à Polónia vai servir para aproximar polacos, judeus e alemães. a visita do Papa Bento XVI vai servir para aproximar polacos, judeus e alemães, afirmou o cardeal arcebispo de Cracóvia, Stanislaw Dziwisz que presidiu às cerimónias de 12 e 13 de Maio, em Fátima.
Na opinião do ex-secretário pessoal de João Paulo II, a presença do Papa no antigo campo de concentração alemão, no dia 28 de Maio, é até mais importante que a mensagem desta visita.
Bento XVI visitará a Polónia entre 25 e 28 de Maio.
” a sua presença ali tem um valor absolutamente simbólico. aproxima as nações, não apenas a nação polaca da nação alemã, mas também a nação alemã de outras nações (ó) de Israel”, disse, durante o lançamento do seu livro “Fortes no amor”.
O cardeal Dziwisz acrescentou que é importante não “responsabilizar cada alemão pelos campos de concentração”, pois auschwitz foi construído por um determinado sistema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *