Religiosos e Religiosas de Moçambique pedem apoio à paróquia da Portela, em Lisboa, para a construção de um centro de formação em Nampula
Religiosos e Religiosas de Moçambique pedem apoio à paróquia da Portela, em Lisboa, para a construção de um centro de formação em NampulaEstá a decorrer, de 20 a 26 de Maio, a “Feira da Primavera” na paróquia da Portela, em Lisboa.organizada pelas Mulheres Missionárias da Consolata (MMC), uma entre outras iniciativas que a paróquia entende promover para angariar fundos destinados à construção de um centro de formação na cidade de Nampula, em Moçambique.
O pedido de apoio foi dirigido ao pároco, antónio Janela, pelo arcebispo daquela arquidiocese, através da Irmã Teresa Dias, da Conferência dos Religiosos de Moçambique (CIRM-CONFERMO). Os religiosos e religiosas pretendem construir um centro para apoiar as suas actividades de formação na região norte deste país africano.
a “Feira da Primavera” registou uma afluência razoável no fim-de-semana. No primeiro dia calcula-se que passaram pelo salão duas ou três centenas de pessoas. Mas as MMC esperam nos próximos dias “uma maior afluência”, segundo nos afirmou Filomena Pires, secretária do Movimento.
No salão estão expostos trabalhos em linho, bordados pelas Mulheres Missionárias e suas amigas. São toalhas de mesa e mão, colchas, panos de tabuleiro e quadros com bordados antigos. além de artesanato africano, também está exposto para venda um serviço de Samurai, de jantar, chá e café.
Pode-se ver e adquirir uma vasta gama de produtos, desde chás, compotas a licores e frutos. Os visitantes têm a oportunidade de se deliciar com um saboroso lanche de bolos caseiros. Há muitas pessoas que “vêm às comidas, apreciam os bordados, mas o dinheiro não abunda”, explicou-nos angelina Sá e Melo.
O valor dos objectos expostos deverá ultrapassar a quantia de 20 mil euros. Haja compradores, para ajudar a construir o centro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *