Dois milhões deslocam-se anualmente a aljustrel e Valinhos para percorrer os locais das aparições de Fátima. Fátima Missionária traça-lhe um pequeno roteiro do que pode ver em cada um dos locais.
Dois milhões deslocam-se anualmente a aljustrel e Valinhos para percorrer os locais das aparições de Fátima. Fátima Missionária traça-lhe um pequeno roteiro do que pode ver em cada um dos locais. São dois milhões os peregrinos que anualmente se deslocam a aljustrel e Valinhos. Os números foram avançados pelos responsáveis do Santuário, recentemente, durante as jornadas “aljustrel e Valinhos: o outro pulmão do Santuário de Fátima”.
Os que se deslocam a um e outro local fazem-no por motivações semelhantes. Conhecer os locais históricos ligados às aparições de Fátima.
assim, quem pretender, pode iniciar a via-sacra, junto à rotunda sul: os peregrinos são conduzidos ao longo das 14 estações em memória da Paixão do Senhor e uma 15º correspondente à Ressurreição. as primeiras 14 foram oferecidas pelos católicos húngaros refugiados nos países do Ocidente e inauguradas em 12 de Maio de 1964; a 15º em 13 de Outubro de 1992, com a presença do Embaixador da Hungria, já liberta do comunismo.
O ambiente que se respira neste caminho é de paz e harmonia com o meio ambiente proporcionando também uma maior reflexão. Era este o caminho que os pastorinhos efectuavam para ir de aljustrel à Cova da Iria. Sob o Calvário Húngaro, no final da via sacra há uma capela dedicada a Santo Estêvão.
Voltando a descer é ainda possível visitar a Loca do anjo onde as crianças receberam a primeira e terceira visitas do “anjo da Paz” (Primavera e Outono de 1916).
Continuando o percurso pelo caminho que conduz a aljustrel, terra dos videntes, os peregrinos podem visitar as casas de Jacinta e Francisco Marto tendo ainda como guia um dos familiares dos pastorinhos e a de Lúcia.
ao fundo do quintal da casa de Lúcia, está o o poço, onde o “anjo da Paz”, “anjo de Portugal”, apareceu pela segunda vez (Verão de 1916). ali perto pode ainda ver-se a Casa Museu de aljustrel, um retrato histórico da vida de 1917: os trajes, as profissões, os utensí­lios, entre outros.
Quem pretender pode ainda deslocar-se até à igreja paroquial de Fátima onde os videntes foram baptizados e fizeram a sua inserção na comunidade cristã. Em lugar de destaque, está um painel que retrata uma das aparições de Nossa Senhora a Jacinta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *