São reconhecidos pelo vermelho, amarelo e azul, cores do tí­pico fato dos guardas, desenhado por Michelangelo.comemoram cinco séculos de existência com celebração solene a 6 de Maio.
São reconhecidos pelo vermelho, amarelo e azul, cores do tí­pico fato dos guardas, desenhado por Michelangelo.comemoram cinco séculos de existência com celebração solene a 6 de Maio. a Guarda Suiça Pontifí­cia comemora cinco séculos da fundação. O momento alto ocorrerá sábado, 6 de Maio. Nesse dia, os novos recrutas prestarão juramento, numa cerimónia solene presidida pelo Papa, que assinala o aniversário do saque de Roma pelas tropas do imperador Carlos V, em 1527. O Papa Clemente VI salvou-se da ofensiva ao refugiar-se no castelo de Sant’angelo, mas 147 Guardas perderam a vida ao defendê-lo.
actualmente a Guarda Suiça é composta por uma centena de soldados e um capelão, São recrutados na Suí­ça, têm que ter entre 19 e 30 anos, alta estatura e fé católica, ser solteiro, ter cumprido instrução básica com o exército suí­ço e ter uma “reputação intocável”.
Setenta antigos membros da Guarda Suí­ça Pontifí­cia chegam hoje ao Vaticano, após uma caminhada de 720 quilómetros, iniciada a 7 de abril no cantão de Ticino. a iniciativa reproduz a histórica marcha dos primeiros Guardas Suí­ços que se colocaram ao serviço do Papa Júlio II.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *