Trinta delegados dos Missionários da Consolata no Quénia estiveram reunidos durante uma semana para estudar os novos caminhos da missão.
Trinta delegados dos Missionários da Consolata no Quénia estiveram reunidos durante uma semana para estudar os novos caminhos da missão. Digna de menção especial entre as decisões tomadas, é a escolha de estabelecer Centros de animação Missionária em diversos pontos do país. Serão um apoio à Igreja local no esforço de se tornar sempre mais missionária ela própria.
Esta decisão tem profundas implicações e é um sinal claro de que a Igreja deste país atingiu um grau de maturidade que lhe permite ir por todo o mundo e evangelizar os povos.
Fiéis ao carisma que lhes é especí­fico, os Missionários da Consolata consideram agora como prioridade para a sua presença neste país uma nova fronteira: que os católicos do Quénia passem de receptores a dadores da missão ou seja de missionados a missionários.
a Igreja do Quénia está pronta a dar o que recebeu tanto com a missão interna de entreajuda entre as várias dioceses, como na missão além fronteiras. Os Centros de animação Missionária vão colaborar para que ela seja fiel a esta sua vocação.
até 2012 as actividades dos Missionários da Consolata do Quénia serão guiadas pelas decisões da X Conferência Provincial que se realizou em finais de abril.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *