Emigração em debate no congresso mundial da Federação Internacional dos Direitos Humanos, de 20 a 25 de abril de 2007, em Lisboa.
Emigração em debate no congresso mundial da Federação Internacional dos Direitos Humanos, de 20 a 25 de abril de 2007, em Lisboa. Lisboa vai ser a capital dos direitos humanos, de 20 a 25 de abril de 2007. a capital portuguesa recebe o congresso mundial da Federação Internacional dos Direitos Humanos (FIDH), cujo tema é a emigração.
“Temos a vantagem de Portugal ser um país central para europeus do leste, africanos e latino-americanos e como tal queremos que a emigração seja um dos pontos centrais do próximo congresso”, disse o presidente do CIVITaS, a delegação da Federação Internacional dos Direitos Humanos (FIDH) em Portugal, João Correia.
O presidente da FIDH, o senegalês Sidiki Kaba defendeu, que “todas as acções como estas são muito importantes”.
a questão do anti-terrorismo na Europa, a legislação restritiva dos direitos dos estrangeiros, a restrição do direito de asilo serão temas debatidos naquele congresso que ocorre trienalmente.
a primeira parte dos trabalhos, pública, será preenchida por um fórum que incidirá nas vertentes Política e económica da migração, tema prioritário da presidência portuguesa da União Europeia (UE), no segundo semestre de 2007.
O congresso encerrará com o desfile das quatro centenas de delegados em representação de 150 países, na avenida da Liberdade, a 25 de abril, integrando as comemorações do dia da Liberdade.
Está já confirmada a presença da iraniana, Shirin ébadi, Nobel da Paz em 2003.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *