as principais diferenças estão na forma como se celebra a Páscoa.
as principais diferenças estão na forma como se celebra a Páscoa. «Na realidade não existe nenhuma diferença entre a Páscoa celebrada pelos católicos e a celebrada pelos ortodoxos», declarou o sacerdote ortodoxo Giorgio Chistyakov à Zenit, agência Internacional Católica de notícias.
Este domingo, 23 de abril, o patriarcado ortodoxo de Moscovo seguiu o calendário juliano e celebrou a Páscoa.
Ocupando, também, o cargo de director de literatura religiosa da Biblioteca Estatal de Literatura Estrangeira na Rússia, Giorgio Chistyakov afirma que a Páscoa não pode ser católica ou ortodoxa, mas sim, a “Páscoa de Cristo”. Explica que, actualmente, as formas de celebração constituem a única diferença.
Segundo explicações fornecidas por este sacerdote à mesma fonte, a igreja ortodoxa segue o rito bizantino que se formou por volta dos séculos XIII, XIX, XX. as orações cantadas caracterizam a Páscoa ortodoxa, cuja celebração se inicia no sábado à noite e continua com uma liturgia no domingo de manhã.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *