antónio augusto dos Santos Marto acaba de ser nomeado Bispo de Leiria-Fátima.
antónio augusto dos Santos Marto acaba de ser nomeado Bispo de Leiria-Fátima. após dois anos de serviço pastoral na Diocese de Viseu, onde granjeou a estima de toda a gente, vai ser entregue a antónio Marto a delicada, mas importante, Diocese de Leiria-Fátima. Nasceu a 5 de abril de 1947, em Tronco, Concelho de Chaves. No Seminário da Diocese, Vila Real, fez os estudos humaní­stico-teológicos, que prosseguiu no Seminário Maior do Porto.
Já em Roma, foi ordenado presbí­tero a 7 de Novembro de 1971. aí­ prosseguiu estudos de especialização em Teologia Sistemática na Pontifí­cia Universidade Gregoriana (de 1970 a 1977) onde fez a licenciatura e o doutoramento, que concluiu com a tese sobre “Esperança cristã e futuro do homem. Doutrina escatológica do Concílio Vaticano II”.
Quando regressou a Portugal, nesse ano de 1977, dedicou-se à formação no seminário da Diocese do Porto e, sobretudo, ao ensino superior: foi Prefeito no Seminário Maior do Porto; professor de Teologia do Instituto de Ciências Humanas e Teológicas-Porto, no Centro de Cultura Católica do Porto, na Faculdade de Teologia da Universidade Católica (Centro Regional do Porto, nomeadamente) e na Faculdade de Direito da UCP.
antes da ordenação episcopal, era Director-adjunto da Faculdade de Teologia da UCP, no Núcleo Regional do Porto, Sócio da Sociedade Cientí­fica da UCP e da associação Europeia de Teólogos Católicos. Colabora nas revistas “Humaní­stica e Teológica”, “Communio” e “Theologica”.
Para além da actividade académica, destacam-se as suas actividades pastorais: colaborador regular na paróquia de Nossa Senhora da Conceição, no Porto, e na paróquia do Bom Jesus de Matosinhos. Trabalhou com o Movimento de Estudantes Católicos (MEC) e com a Liga Operária Católica (LOC). Trabalhou também na catequese de adultos, na Diocese do Porto e, em colaboração com D. Manuel Pelino, publicou o livro “Catequese para o Povo de Deus”, em 2 volumes.
Nomeado para Bispo auxiliar de Braga, com o título de Bladia, a 10 de Novembro de 2000, a ordenação episcopal celebrou-se na sua Diocese Natal, em Vila Real, a 11 de Fevereiro de 2001, na Igreja de Nossa Senhora da Conceição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *