Saúde do presidente guineense dificulta o exercício das suas funções.
Saúde do presidente guineense dificulta o exercício das suas funções. O presidente da Federação Internacional das Ligas dos Direitos Humanos (FIDH), Sidiki Kaba, nesta quinta-feira, em Paris, alertou as autoridades competentes para o estado de saúde de Lansana Conté, presidente guineense, que dificulta o exercício do cargo que ocupa.
Em Março, Lansana Conté foi obrigado, devido aos seus problemas de saúde, a deslocar-se à Suiça, onde foi tratado de urgência no Centro Hospitalar Universitário de Genebra.
Segundo a agência Panafricana de Informação, Panapress, o Presidente da FIDH declarou numa entrevista: “a solução jurídica prevista pela Constituição guineense deve ser aplicada rapidamente para evitar que o país mergulhe no caos político e social”. alertou, também, para o risco de instabilidade que a situação Política na Guiné Conakry representava para a africa Ocidental.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *