Diocese do Porto reafirma confiança na Oficina de São José e pede mais meios para cumprir as “competências correccionais que actualmente lhe são exigidas”.
Diocese do Porto reafirma confiança na Oficina de São José e pede mais meios para cumprir as “competências correccionais que actualmente lhe são exigidas”. a Diocese do Porto reafirma a confiança em relação à Oficina de São José, concluindo que “não houve violação das normas e regulamentos internos relativamente à permanência e comportamento dos jovens no exterior”.
No inquérito que fez à instituição, a diocese lamenta e reprova com “veemência a acção grave” atribuí­da aos 11 jovens envolvidos no crime de homicídio de um transexual.
além disso pede mais meios para que “possa cumprir as competências correccionais que actualmente lhe são exigidas, apesar de ter nascido com um carácter meramente assistencial”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *