Hoje é Dia Internacional de Sensibilização para o perigo das minas e a assistência à acção anti-minas. Esta é a primeira vez que este dia é assinalado.
Hoje é Dia Internacional de Sensibilização para o perigo das minas e a assistência à acção anti-minas. Esta é a primeira vez que este dia é assinalado. Em Portugal, a Fundação Pró Dignitate e o Centro Regional de informação das Nações Unidas assinalam a data, com uma cerimónia, na sede da fundação presidida por Maria Barroso.
a data é também assinalada por todo o mundo com programas e eventos de sensibilização principalmente nos países onde as minas continuam a fazer vítimas. Entre os países que mais sofrem com as minas, estão angola e Moçambique.
“Eliminar as minas é uma tarefa enorme, mas é possível conclui- la em anos e não décadas, desde que os países afectados façam tudo o que estiver ao seu alcance para as erradicar e desde que os países e organizações dadores mantenham o seu interesse e apoio financeiro”, explicou Max Gaylar, director do Serviço de acção antiminas da ONU, citado no comunicado enviado à imprensa pela Fundação Pró Dignitate.
De acordo com o mesmo comunicado, “a batalha contra as minas terrestres está a ser ganha e alguns países já podem hoje dizer-se países livres de minas”.
No entanto, o trabalho tem de continuar e o importante é que os países mantenham vivo o interesse em financiar os programas de desminagem que decorrem actualmente em 30 países e três territórios.
a assembleia-geral das Nações Unidas declarou o dia 4 de abril como o Dia Internacional de Sensibilização para o Perigo das Minas com o objectivo de acabar com as minas terrestres o mais rápido possível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *