João Paulo II deixou marca profunda na história da Igreja e da humanidade. Um ano depois da sua morte, Bento XVI fala da herança deixada.
João Paulo II deixou marca profunda na história da Igreja e da humanidade. Um ano depois da sua morte, Bento XVI fala da herança deixada. João Paulo II “deixou uma profunda marca na história da Igreja e da humanidade”, afirmou o actual papa, Bento XVI durante a oração do angelus na Praça de São Pedro.
O actual Pontífice destacou a agonia e a morte de Karol Wojtyla e recordou vários momentos dos seus últimos dias, assinalando o dia de Páscoa quando distribuiu “a bênção Urbi et Orbi sem poder pronunciar qualquer palavra, com o único gesto da mão”.
“Foi a bênção mais sofrida e emocionante, que deixou como um testemunho extremo da sua vontade de cumprir o Ministério até ao final. João Paulo II morreu como sempre havia vivido, animado pela enorme coragem da fé”, assegurou Ratzinger.
Para Bento XVI, a herança deixada pelo seu antecessor é “imensa, mas a mensagem do seu larguí­ssimo pontificado pode resumir-se nas palavras com as quais o quis inaugurar, aqui na Praça de São Pedro, em 22 de Outubro de 1978: abri de par em par as portas a Cristo”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *