O papa de Fátima foi lembrado um ano depois da sua morte, no Santuário. No Rosário de ontem à noite e na eucaristia de hoje, na peregrinação de Leiria-Fátima.
O papa de Fátima foi lembrado um ano depois da sua morte, no Santuário. No Rosário de ontem à noite e na eucaristia de hoje, na peregrinação de Leiria-Fátima. Na eucaristia de hoje, na peregrinação diocesana de Leiria-Fátima ao Santuário como ontem, durante o Rosário, a memória de João Paulo II, tantas vezes chamado o Papa de Fátima, foi evocada, precisamente um ano depois da sua morte (a 2 de abril de 2005).
Durante a exposição do santíssimo sacramento foi lembrado o exemplo de João Paulo II, que “visivelmente sofredor, nunca abandonou o sua cruz” e que “suportou tudo até ao fim”.
a oração de 1 de abril, á noite, orientada pelo reitor do Santuário de Fátima, Luciano Guerra foi preparada em resposta aos pedidos que tinham chegado ao Santuário, para que se organizasse um momento em memória do falecido Sumo Pontífice.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *