” a Igreja conta convosco, o mundo precisa de vós: da alegria, do compromisso e da entrega”, afirmou o presidente da peregrinação nacional dos escuteiros a Fátima.
” a Igreja conta convosco, o mundo precisa de vós: da alegria, do compromisso e da entrega”, afirmou o presidente da peregrinação nacional dos escuteiros a Fátima. Os escuteiros católicos portugueses iniciaram, hoje, em Fátima as comemorações do primeiro centenário da fundação do escutismo. O anúncio formal foi feito pelo chefe nacional do Corpo Nacional de Escutas (CNE), Luís Lidington, antes da consagração a Nossa Senhora por parte dos escuteiros, já no final da eucaristia, granjeando uma grande salva de palmas dos participantes.
Na homilia, presidente da Comissão Episcopal do Laicado e da família convidou os escuteiros a caminhar na fé, no amor fraterno, na construção de um homem novo, “construindo o templo do escutismo, fazendo do escutismo católico uma verdadeira escola de comunhão”. ” a Igreja conta convosco, o mundo precisa de vós: da alegria, do compromisso e da entrega”, afirmou.
Esta peregrinação marca o início das comemorações do primeiro centenário do escutismo, que se assinalará em 2007 foi presidida pelo presidente da Comissão Episcopal do Laicado e da família, o bispo antónio Carrrilho e concelebrada pelo bispo da diocese e membro desta Comissão, Serafim Ferreira e Silva.
Os lenços amarelos, verdes, azuis e vermelhos dos escuteiros dos quatro escalões – lobitos, exploradores, pioneiros e caminheiros – foram agitados por diversas vezes, dando um outro colorido e vida à celebração. Participaram elementos das vinte regiões do Corpo Nacional de Escutas (CNE), da associação de Escuteiros de Portugal e da Fraternidade Nuno ílvares ” associação de antigos escuteiros do CNE, seus familiares e amigos.
O centenário do Escutismo será comemorado em todo o mundo por 28 milhões de escuteiros, em 216 países e territórios com diversas actividades que culminarão com o Jamboree Mundial (acampamento) que decorrerá no Reino Unido, no Verão de 2007.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *