O presidente do Conselho Pontifício para a Comunicação Social encorajou os líderes da Igreja a adoptar uma atitude mais cooperante em relação aos meios de comunicação.
O presidente do Conselho Pontifício para a Comunicação Social encorajou os líderes da Igreja a adoptar uma atitude mais cooperante em relação aos meios de comunicação. Falando numa assembleia anual do Conselho Pontifício para a Comunicação Social esta semana, que decorre no Vaticano, o arcebispo John Foley observou que os meios de comunicação “esperam, e demasiadas vezes receberam da Igreja, mais condenação que apoio”. Em favor da conduta cristã e como estratégia de relações públicas, o arcebispo lançou o apelo à hierarquia da Igreja para que tomem uma atitude mais positiva.
O Conselho Pontifício para a Comunicação Social reuniu uns 60 membros e consultores para esta semana. O encontro começou a 13 de Março e vai continuar até 18 de Março.
O arcebispo Foley há muito tempo que ocupa este posto, tendo sido escolhido por João Paulo II em 1984. Natural de Filadélfia, ainda está a recuperar de uma cirurgia aos rins realizada em Fevereiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *