as estradas nepalesas estavam desertas esta terça-feira, o primeiro dia de um bloqueio indefinido organizado pelos rebeldes maoí­stas na capital Kathmandu e outras cidades importantes.
as estradas nepalesas estavam desertas esta terça-feira, o primeiro dia de um bloqueio indefinido organizado pelos rebeldes maoí­stas na capital Kathmandu e outras cidades importantes. Os rebeldes maoí­stas lutam contra a monarquia, pretendendo instaurar uma república comunista com um único partido. Ordenaram o encerramento de todas as estradas que conduzem à capital, causando problemas à circulação de pessoas e bens nesta cidade com mais de um milhão e meio de habitantes.
“Há um silêncio de morte na auto-estrada, normalmente está engarrafada, mas agora está deserta” disse à imprensa Sagar Gautam, residente em aaptari, a 130 quilómetros da capital. Residentes em Nepalgunj e na cidade turistica de Pokhara na zona ocidental do Nepal e outras cidades informaram que os camiões e autocarros ficaram nas garagens estando as estradas sem quaisquer veículos.
a polícia não tem qualquer notificação de violência. Já no passado os rebeldes maoí­stas conseguiram bloquear a capital, isolando completamente a cidade por vários dias.
Em Fevereiro do ano passado o rei assumiu o poder executivo, demitindo o governo, suspendendo algumas liberdades civis e ordenando a detenção de líderes políticos. O rei afirma ter sido forçado a esta decisão para pôr termo aos 10 anos de revolta maoí­sta que deixou mais de 13 mil mortos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *