Com o objectivo de poder responder de modo mais rápido a situações de emergência, as Nações Unidas lançaram um novo fundo de emergência para desastres humanitários.
Com o objectivo de poder responder de modo mais rápido a situações de emergência, as Nações Unidas lançaram um novo fundo de emergência para desastres humanitários. a iniciativa está a ser lançada pelo secretário-geral das Nações Unidas (ONU), Kofi annan, em Nova Iorque. O objectivo é conseguir já uma ajuda imediata para os milhões no Corno de África em risco de fome. Mas a resposta ao apelo não tem sido muito entusiasta, só a quarta parte da quantia pretendida foi conseguida, a maior parte dada pelo governo britânico, que sugeriu a criação do fundo.
a secretária britânica para o desenvolvimento internacional, Hilary Benn, descreveu a reacção actual do mundo aos desastres como semelhante aos bombeiros serem obrigados a pedir esmola antes de sair para apagar os fogos.
algumas agências humanitárias que operam fora da alçada da ONU, que frequentemente são as primeiras a responder nas situações de emergência, temem que possam perder muito do apoio financeiro que têm actualmente. Outra preocupação apresentada consiste em quem vai decidir o que constitui uma emergência que permita activar o fundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *