Uma criança iraniana de 11 anos ganhou 250 mil euros de indemnização do governo australiano por trauma sufrido enquanto esteve detido.
Uma criança iraniana de 11 anos ganhou 250 mil euros de indemnização do governo australiano por trauma sufrido enquanto esteve detido. Os advogados de Shayan Badraie afirmam que este sofreu de stress pós-traumático por estar detido num campo para imigrantes entre os cinco e os sete anos de idade. a família Badraienunca teve visto de permanência. O governo australiano aboliu a Política de detenção dos imigrantes ilegais com crianças em Julho.
Rebecca Gilsenan, advogada dos Badraie, disse que a decisão do tribunal pode abrir o caminho para que sejam apresentados casos por outros detidos. “Só espero que o governo não continue a gastar dinheiro dos contribuintes para compensar pessoas por tê-las tratado duma forma muito injusta quando detidos como imigrantes”, disse aos jornalistas.
Shayan Badraie esteve entre 2000 e 2002 com a sua família em dois centros de detenção no sul da austrália onde, segundo os seus advogados, testemunhou confrontos violentos, pessoas a tentar suicidar-se e greves de fome. “Testemunhou uma série de acontecimentos incrivelmente traumáticos e violentos, acontecimentos aos quais nenhum adulto ou criança deveriam ser expostos”, disse a advogada.
Shayan já está numa escola em Sydney, mas continua a necessitar de cuidados. “Nenhum dinheiro pode devolver a infância ao nosso filho”, disse a família numa declaração. Mas vai ajudar-nos a conseguir a assistência médica e educativa que ele precisa para recuperar de tudo o que se passou”. as autoridades australianas continuam a ter leis de detenção obrigatória para os imigrantes ilegais, mas as leis são mais laxas para famílias com filhos desde o ano passado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *