Na vida fraterna não estamos separados uns dos outros como se fôssemos estátuas num museu. Seria uma tristeza se os membros de uma comunidade se assemelhassem a estátuas, cada uma no seu pedestal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *